Tom Hanks em entrevista inédita

Você diria que ‘Charlie Wilson’s War’ é um filme político?

 

TH – Bem, a maioria dos filmes políticos são designados para passar uma lição, para comunicar a opinião do diretor à respeito de determinado assunto. Eu não estou necessariamente interessado nisso. Eu adoro ver filmes que examinam os problemas e levam em conta o lado humano durante uma luta. Mas eu não preciso do filme de alguém para me dizer a verdade sobre o que está acontecendo.

 

Muitos diretores acham que é um pouco cedo para fazer um filme sobre esta guerra…

 

TH – Nós estamos indo para o quinto ano de guerra com o Iraque. Eu não acho que seja possível fazer um filme sobre a guerra por enquanto, por isso falo de um documentário. As pessoas escalam seus atores e diretores, vão para Marrakech ou para Death Valley, e isso não faz com que o que eles filmem seja mais verdadeiro do que digitar ‘combate de guerra’ no google ou no youtube, entende?

 

Você sente que a televisão americana tem sido negligente quanto as reportagens à respeito da guerra?

 

TH – Se sim, bem, eu sinto vergonha pela televisão americana. Você tem milhares de corpos mortos voltando para casa e destruindo a credibilidade da nação, então eu entendo que eles não tem de mostrar isso, mas, eu também tenho a impressão que o trabalho da mídia é nos contar a verdade.

 

O verdadeiro Charlie Wilson estava presente no set de filmagens?

 

TH – Sim, ele estava lá. Eu não tenho certeza se Lee veio antes de Aaron Sorkin ter entregue o filme, mas Charlie veio e disse ‘Eu não me importo com o que vocês falem de mim, eu fiz isso tudo, de qualquer maneira!’.

 

O que ele está fazendo agora?

 

TH – Eu acho que ele acabou de receber um transplante de coração. Ele está afastado agora. Ele era um lobista do Paquistão e recentemente ele tem de lidar com pessoas perguntando “como é ter o Tom Hanks fazendo um filme sobre você?”.

 

Então você sente que Charlie Wilson é realmente um cara importante?

 

TH – Sim.

 

Algum outro diretor além do escolhido Mike Nichols, apresentou interesse em rodar o filme?

 

TH – Existiram outros sim, para ser franco.

 

Você acha que é uma tragédia o fato dos Estados Unidos não aprender nada com esta situação?

 

TH – Sim. Nós não sabemos qual é a diferença entre os grupos terroristas. Não sabemos qual acredita no que exatamente. Nós somos uma nação ignorante na América, e isso só mudará quando nos educarmos e finalmente aprendermos algumas coisas.

 

Como foi filmar a cena do campo de refugiados?

 

TH – Horrivelmente doloroso, de partir mesmo o coração. Eu perguntei a Charlie sobre isso e ele disse que não conseguia lidar com o que viu, as crianças.

 

Novamente Charlie Wilson é um personagem de bom moço. Você pretende interpretar um vilão novamente em breve?

 

TH – Eu estou numa posição interessante porque francamente, eu coopero. Eu tento fazer-me rir, contar à você algumas histórias. Eu sempre sou um bom cara! Agora mesmo, eu estou interpretando um homem que transa com todas as garotas que pode, vai para a cama bêbado todas as noites, cheira cocaína sempre que pode, e você ainda assim dirá que eu sou um bom rapaz!

 

Você tem uma página no MySpace. É você mesmo quem atualiza?

 

TH – Sim, eu faço aquele site. Não atualizo sempre, mas quando isso acontece, sim, sou eu quem o faz.

2 respostas para Tom Hanks em entrevista inédita

  1. Maria disse:

    Como sempre Tom Hanks brilhante!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: