Oscar 2008: indicados

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou hoje em Los Angeles a lista dos candidatos ao Oscar 2008.
A entrega dos prêmios da Academia acontecerá em Hollywood, no dia 24 de fevereiro. Já a cerimônia pode ser alterada devido a greve dos roteirisas norte-americanos que já está na sua 12° semana.

Confira a lista com todos os indicados:

MELHOR FILME

Desejo e Reparação

Juno

Conduta de Risco

Onde Os Fracos Não Têm Vez

Sangue Negro

MELHOR DIRETOR

Julian Schnabel (O Escafandro e a Borboleta)

Jason Reitman (Juno)

Tony Gilroy (Conduta de Risco)

Joel e Ethan Coen (Onde Os Fracos Não Têm Vez)

Paul Thomas Anderson (Sangue Negro)

MELHOR ATOR

George Clooney (Conduta de Risco)

Daniel Day-Lewis (Sangue Negro)

Johnny Depp (Sweeney Todd e o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet)

Tommy Lee Jones (No Vale das Sombras)

Viggo Mortensen (Senhores do Crime)

MELHOR ATRIZ

Cate Blanchett (Elizabeth: A Era de Ouro)
Julie Christie (Longe Dela)
Marion Cotillard (Piaf: Um Hino ao Amor)
Laura Linney (The Savage)
Ellen Page (Juno)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Cate Blanchett (I’m Not There)
Ruby Dee (O Gângster)

Saoirse Ronan (Desejo e Reparação)

Amy Ryan (Medo da Verdade)

Tilda Swinton (Conduta de Risco)

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Casey Affleck (O Assassinato de Jesse James Pelo Covarde Robert Ford)

Javier Bardem (Onde Os Fracos Não Têm Vez)

Philip Seymour Hoffman (Jogos do Poder)

Hal Holbrook (Na Natureza Selvagem)

Tom Wilkinson (Conduta de Risco)

FILME ESTRANGEIRO

Beaufort (de Joseph Cedar) – Israel
The Counterfeiters (de Stefan Ruzowitzky)– Áustria
Katyn (de Andrzej Wajda) – Polônia

Mongol (de Sergei Bodrov) – Cazaquistão

12 (Nikita Mikhalkov) – Rússia

LONGA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

Persépolis, de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud

Ratatouille, de Brad Bird

Tá Dando Onda, de Ash Brannon e Chris Buck

ROTEIRO ADAPTADO

Desejo e Reparação, por Christopher Hampton

Longe Dela, por Sarah Polley

O Escafandro e a Borboleta, por Ronald Harwood

Onde Os Fracos Não Têm Vez, por Joel e Ethan Coen

Sangue Negro, por Paul Thomas Anderson

ROTEIRO ORIGINAL

Juno, por Diablo Cody
Lars and the Real Girl, por Nancy Oliver
Conduta de Risco, por Tony Gilroy

Ratatouille, por Brad Bird

The Savages, por Tamara Jenkins

FOTOGRAFIA

O Assassinato de Jesse James Pelo Covarde Robert Ford, por Roger Deakins

Desejo e Reparação, por Seamus McGarvey

O Escafandro e a Borboleta, por Janusz Kaminski

Onde Os Fracos Não Têm Vez, por Roger Deakins

Sangue Negro, por Robert Elswit

MONTAGEM

O Ultimato Bourne, por Christopher Rouse

O Escafandro e a Borboleta, por Juliette Welfling

Na Natureza Selvagem, por Jay Cassidy

Onde Os Fracos Não Têm Vez, por Roderick Jaynes

Sangue Negro, por Dylan Tichenor

DIREÇÃO DE ARTE

O Gângster, por Arthur Max e Beth A. Rubino

Desejo e Reparação, por Sarah Greenwood e Katie Spencer

A Bússola de Ouro, por Dennis Gassner e Anna Pinnock

Sweeney Todd e o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet, por Dante Ferretti e Francesca Lo Schiavo

Sangue Negro, por Jack Fisk e Jim Erickson

FIGURINO

Across the Universe, por Albert Wolsky
Desejo e Reparação, por Jacqueline Durran

Elizabeth: A Era de Ouro, por Alexandra Byrne

Piaf: Um Hino Ao Amor, por Marit Allen

Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet, por Colleen Atwood

MAQUIAGEM

Piaf: Um Hino ao Amor, por Didier Lavergne e Jan Archibald
Norbit, por Rick Baker e Kazuhiro Tsuji
Piratas do Caribe: No Fim do Mundo, por Ve Neill e Martin Samuel

DOCUMENTÁRIO

No End in Sight, de Charles Ferguson e Audrey Marrs
Operation Homecoming: Writing the Wartime Experience, de Richard E. Robbins
S.O.S. Saúde, de Michael Moore e Meghan O’Hara
Táxi para a escuridão, de Alex Gibney e Eva Orner
War/Dance, de Andrea Nix Fine e Sean Fine

DOCUMENTÁRIO – CURTA

Freeheld, de Cythia Wade e Vanessa Roth

La Corona, de Amanda Micheli e Isabel Veja

Salim Baba, de Tim Sternberg e Francisco Bello

Sari’s Mother, de James Longley

TRILHA SONORA

Desejo e Reparação, por Dario Marianelli

O Caçador de Pipas, de Alberto Iglesias

Conduta de Risco, de James Newton Howard

Ratatouille, de Michael Giacchino

Os Indomáveis, de Marco Beltrami

CANÇÃO

“Falling Slowly” (Once), de Glen Hansard e Marketa Irglova
“Happy Working Song” (Encantada), de Alan Menken e Stephen Schwartz

“Raise It Up” (O Som do Coração), interpretada por Jamia Simone Nash e Impact Repertory Theater
“So Close” (Encantada), de Alan Menken e Stephen Schwartz
“That’s How You Know” (Encantada), de Alan Menken e Stephen Schwartz

EDIÇÃO DE SOM

O Ultimato Bourne, por Karen Baker Landers e Per Hallberg

Onde os Fracos Não Têm Vez, por Skip Lievsay

Ratatouille, por Randy Thom e Michael Silvers

Sangue Negro, por Matthew Wood

Transformers, por Ethan Van der Ryn e Mike Hopkins

MIXAGEM DE SOM

O Ultimato Bourne, por Scott Millan, David Parker e Kirk Francis
Onde os Fracos Não Têm Vez, por Skip Lievsay, Craig Berkey, Greg Orloff e Peter Kurland
Ratatouille, por Randy Thom, Michael Semanick e Doc Kane
Os Indomáveis, por Paul Massey, David Giammarco e Jim Stuebe
Transformers, por Kevin O’Connell, Greg P. Russell e Peter J. Devlin

EFEITOS VISUAIS

A Bússola de Ouro, por Michael Fink, Bill Westenhofer, Ben Morris e Travor Wood
Piratas do Caribe: No Fim do Mundo, por John Knoll, Hal Hickel, Charles Gibson e John Frazier
Transformers, por Scott Farrar, Scott Benza, Russell Earl e John Frazier

CURTA-METRAGEM

At Night, de Christian E. Christiansen e Louise Vesth
Il Supplente, de Andrea Jublin

Le Mozart des Pickpockets, de Philippe Pollet-Villard

Tanghi Argentini, de Guido Thys e Anja Daelemans
The Tonto Woman, de Daniel Barber e Matthew Brown

 

CURTA DE ANIMAÇÃO

I Met The Walrus, de Josh Raskin
Madame Tutli-Putli, de Chris Lavis e Maciek Szczerbowski
Même Lês Pigeons Vont au Paradis, de Samuel Tourneux e Simon Vanesse
Moya Lyubov, de Alexander Petrov
Peter & the Wolf, de Suzie Templeton e Hugh Welchman

11 respostas para Oscar 2008: indicados

  1. Freddy Zimmer disse:

    É sempre bom quando chega a Festa do Oscar. Sempre acompanhei a Festa. Os filmes deste ano, é claro, como sempre, nem todos já estrearam aqui no Brasil porque a regra é clara: os filmes que chegam ao Oscar tem que estrear até no máximo 31 de dezembro do ano anterior. Sempre há surpresas, justiças, injusticas e os esquecidos, mas lembro sempre que o Oscar premia os filmes justamente. Só acho que a Academia deveria ampliar as categorias para premiar mais filmes, Por quê? Por ano não são lançados tanto aqui como no exterior menos de 2.500 a 3.000 filmes. Por isso, o Oscar é pouco para tanto talento que vem de todas as partes do mundo.

  2. Cristiano GO disse:

    Uau… estou feliz por Piaf estar em tantas categorias…

  3. Edgard disse:

    Cara, se aumentar o número de premiações o Oscar vai ficar intragável!!!
    Imagine um premio tipo o Globo de Ouro.. com tantas categorias que fica até dificil acompanhar a festa, pois fica cheia de citações aos vencedores, já que apenas as categorias mais importantes são premiadas na festa principal.
    Acho que com a atual política de “enxugar” a cerimônia (que cá pra nós só tem deixado a festa mais chata) fica difícil pensar em algo do tipo. O negócio é se contentar em ver os outros prêmios, como o Globo de Ouro, Movie Awards, e os grandes festivais, pois filme bom de verdade dá um jeito de se fazer perceber, com ou sem indicação ao Oscar.
    Abraços…

  4. Edgard disse:

    Emoção demais!!! Errata gente!!!
    Não quis me referir ao Globo de Ouro, e sim ao Grammy….
    Desculpem…

  5. denis disse:

    cade a indicação de harry potter????

  6. Pedrinho Lubschinski disse:

    Por que Homem Aranha 3 para efeitos especiais?

  7. Max Tarento disse:

    Pelo visto Cate Blanchett é a Meryl Streep do século XXI. Ela está virando presença certa em todos os anos do Oscar. E neste ano veio em dose dupla. Uma dessas indicações ela leva. Quanto aos filmes indicados, dos dois que consegui ver até agora, os únicos que estrearam, até agora, nas salas brasileiras, Desejo e Reparação me parece imbatível.

  8. Elisangela Rubin disse:

    Pelo que me parece não é dessa vez que o Johnny Depp leva para casa o Oscar(infelizmente) tudo indica que o prêmio vai para Daniel Day-Lewis, pelo menos vai ficar nas mãos de um excelente ator.

  9. Júlio disse:

    Rídiculo! Cadê Homem-Aranha 3 em PELO MENOS EFEITOS VISUAIS? Cadê Harry Potter? Cadê Helena Bonham Carter? Simpsons – O filme?

    Decepcionante.

  10. alain disse:

    Galera to ferrado! Os últimos três anos, a TV Globo exibe o horroroso BBB antes da cerimônia do Oscar e sempre corta o começo da festa. Tem algum site em que eu possa acompanhar Oscar pelo pc?

  11. leandro disse:

    Achei os filmes indicados ao oscar de melhor filme muito bons, só não assiti Sangue Negro, fiquei surpreso com o filme de Tony Gilroy o conduta de Risco não esperava muito dle mas achei muito bom um roteiro muitobem acabado interpretações fortes e dialogos ativos e surpreendentes, o filme Juno o roteiro de Diablo Cody caiu como uma luva para a atrriz Ellen Page que soube comduzir a personagem muito bem so achei exagero a indicação do diretor Jason Reitman, Desejo e reparação é um filme tecnicamente perfeito mas o elenco não tem muita quimica e o filme acaba se tornando o mais fraco dos indicados, não sou muito fã dos irmõas Coen mas o filme é bom talvez o melhor dele o ator Javier Bardem esta muito bem, tecnicamente ele tambem é muito bom, se é o melhor filme é uma questão de gosto porque todos são muito bons esse ano.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: